Cidades

Caso da chacina no Morro do Medanha ainda em investigação

Caso da chacina no Morro do Medanha ainda em investigação

Hoje (14) foram veiculadas pela imprensa local (14) notícias que alguns parentes das jovens assassinadas no Morro de Medanha estariam sofrendo ameaças. De acordo com as publicações, foram feitas ligações para a mãe de uma das vítimas dizendo que se os suspeitos forem presos as famílias sofreriam as consequências. 

A chacina do morro do Medanha, no Jardim Petrópolis em Goiânia,ainda está em investigações. O caso aconteceu no último dia 8 de março, quando as quatro mulheres foram mortas a tiros e foram encontradas uma ao lado da outra. Miladi Borba e Ana Cardoso, 19, Sinara Silva, 16, e Rayane da Costa, 15, eram amigas e moravam no Jardim São Francisco. 

Na quarta-feira (12) o delegado Maurício Massanobu assumiu o caso. A equipe do DM.com.br entrou em contato para saber como estavam as investigações. O delegado não deu declarações sobre o caso. Porém, ele afirmou que não tinha conhecimento sobre as supostas ameaças sofridas pela família. 

Segundo Massanobu, se as famílias estão sofrendo retaliações, ele não foi comunicado sobre o assunto. Sobre as falsas informações do caso – veiculado por meios de comunicação, ele também disse não ter conhecimento e soube dos boatos depois que nossa equipe entrou em contato com ele.

Cidades

Mais em Cidades

heitor

Heitor sai da UTI para ir a clínica especializada

Isabela Lacerda06/03/2015
trt

TRT julga competência

diariodamanha06/03/2015
hocus1

23 anos de underground

Heitor Vilela05/03/2015
Roteiro 2

Gabriel Gava faz show hoje, na Santafé

diariodamanha05/03/2015
Roteiro 1

Música de qualidade

diariodamanha05/03/2015
economia3

Parceria contra a burocracia

Brunno Falcão05/03/2015
Untitled-1 copy

Goiás é segundo em pivôs centrais

diariodamanha05/03/2015
Site Mercado Livre: suspeita de lisura em transação comercial

TJ condena Mercado Livre após fraude em transação

diariodamanha05/03/2015
Larissa dos Santos: assassinato (reprodução)

Polícia investiga assassinato de cabeleireira

diariodamanha05/03/2015