Dupla suspeita de matar casal de namorados durante feriado de carnaval é presa

Corpos foram achados na madrugada do dia 2 de março em Goiânia

Postado por Yana Maia em 20 de Março de 2017 às 14h50
Atualizado em 20 de Março de 2017 às 15h00

Foto:Reprodução/Facebook

Dois jovens de 18 e 20 anos foram apresentados pela Polícia Civil na manhã desta segunda-feira, 20, suspeitos de participar da morte do casal de namorados Uenio Leite da Silva de 25 anos e Andressa Cristina Marçal Souza de 16, que tiveram os corpos achados na madrugada do dia 2 de março, em Goiânia.

Conforme a corporação, Janderson José de Souza de 20 anos, ex da adolescente, emprestou uma arma para que Murillo Henrique Lopes de Souza de 18, efetuasse os disparos contra Uenio. Um terceiro rapaz, identificado como Anderson Guedes da Silva, que supostamente levou a dupla no local do crime está foragido.

As investigações apontam que a motivação do crime ocorreu por causa de um furto de uma arma e por ciúmes que Janderson sentia da ex-namorada. Segundo ele, Murillo aceitou matar Uenio, pois estava com “raiva” depois que teve a arma furtada pela vítima.

O que mais chama a atenção da polícia é que dois dias antes do crime, todos os envolvidos participaram de um churrasco com as vítimas e premeditaram o homicídio de Uenio durante o evento. Todos mantinham o mesmo ciclo de amizade. Durante o depoimento dos rapazes, eles alegaram que Andressa não era alvo e foi atingida por dois disparos, pois gritou e correu no momento em que viu o namorado baleado.

A dupla foi presa no dia 8 de março e a polícia afirma que o terceiro envolvido no duplo homicídio, chegou a ser preso por tráfico de drogas, mas foi liberado após audiência de custódia. Agora, ele é considerado foragido da Justiça, uma vez que é suspeito de estar envolvido na morte do casal e a polícia já expediu um mandado de prisão contra ele.