Ford lança Ranger 2018 com série especial esportiva e uma nova versão diesel

Novidades na nova linha são as versões Sportrac e a diesel com tração 4x2

Postado por Norton Luiz em 4 de Setembro de 2017 às 08h04
Atualizado em 4 de Setembro de 2017 às 09h01

Norton Luiz
Editor de Veículos

A Ford lança a linha 2018 da picape Ranger. O modelo amplia a oferta de conteúdo e a competitividade do veículo no segmento, além de incluir uma série especial esportiva, a Sportrac, e uma nova versão Diesel de entrada com tração 4×2. Esses modelos criam uma nova opção no universo das picapes.

A nova versão 2.2 Diesel XLS com tração 4×2 e transmissão manual tem como destaques o conteúdo e o preço de R$136.850,. O fabricante define o preço como extremamente competitivo mesmo quando comparado com picapes menores e do segmento flex.

Ranger Ford (3)

A nova série especial Ranger Sportrac, com visual esportivo, foi desenvolvida pela Ford também com base na versão 2.2 Diesel XLS, porém com tração 4×4 e transmissão automática. Seus diferenciais são aplique no para-choque dianteiro, adesivo lateral na caçamba e portas traseiras e santantônio e estribos laterais na cor cinza London. Na cabine, vem com a assinatura Sportrac gravada nas soleiras de vinil e bordada nos apoios de cabeça dianteiros. O modelo custa R$162.990.

A linha completa, oferecida exclusivamente em modelos cabine dupla, mantém ainda diferentes catálogos com os motores 2.5 Flex e 3.2 Diesel, o mais potente da categoria, além do 2.2 Diesel.

Entre os novos equipamentos, toda a linha passa a vir de série com sensor de estacionamento e câmera de ré. As versões XLT e Limited trazem central multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas e comandos de voz para telefone, navegador, áudio e ar-condicionado, compatível com Android Auto e Apple Car Play.

Ranger Sportrac: interior

Ranger Sportrac: interior

Em todas as versões, a picape é equipada com sete airbags, controle eletrônico de estabilidade, tração e anticapotamento, assistente de partida em rampa, controle adaptativo de carga, direção elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo, piloto automático e faróis de neblina.

Além das novas versões Sportrac e XLS 4×2, a Ranger 2.2 Diesel XLS continua a oferecer as opções 4×4 manual, por R$148.850, e 4×4 automática, por R$156.700.       

A Ranger 3.2 Diesel XLT, com tração 4×4 e transmissão automática, agora vem com central multimídia SYNC 3, rodas de liga leve de 18”, pneus All Season e capota marítima, por R$174.990. É equipada também com bancos e volante de couro, ar-condicionado automático e digital de dupla zona e monitoramento de pressão dos pneus. O santantônio passa a ser oferecido como opcional.

Ranger Ford (2)

A topo de linha 3.2 Diesel 4×4 Limited oferece ainda itens como piloto automático adaptativo, sistema de permanência em faixa, farol alto automático, banco do motorista com ajuste elétrico em oito posições e personalização da luz ambiente em sete cores, por R$188.890.

As mesmas novidades são oferecidas nas três versões da Ranger 2018 com motor 2.5 Flex: XLS, XLT e Limited. A XLS, com sensor de estacionamento e câmera de ré, custa R$106.990. A XLT, com SYNC 3, rodas de liga leve de 18 polegadas, pneus All Season e capota marítima, custa R$118.420. A Limited, com SYNC 3, sai por R$126.490.

A linha é disponível nas cores perolizadas cinza Moscou, preto Gales, azul Aurora e vermelho Toscana, nas metálicas prata Geada e prata Viena e na sólida branco Ártico.

Ranger Ford (4)

“Essa readequação de conteúdo é resultado de meses de estudo de mercado para tornar a Ranger mais competitiva, oferecendo os equipamentos que os consumidores mais valorizam em cada versão”, diz Fabrizzia Borsari, gerente de Picapes da Ford.

A versão especial tem quatro cores disponíveis que realçam a sua alma esportiva: branco Ártico, preto Gales, prata Geada e vermelho Toscana. “A Ranger Sportrac traz equipamentos e acessórios exclusivos para atingir um segmento de público que aprecia um veículo personalizado, mas não deseja adquirir um topo de linha”, completa Fabrizzia Borsari.