Computador Quântico

Sua verdade não existe

Postado por Redação em 8 de Outubro de 2015 às 19h30

A mística mecânica quântica já está sendo usada industrial e comercialmente.

Tudo é uma coisa só: tudo é pura energia, consciência e informação e pode ser calculado matematicamente.

Para os tradicionalistas que insistem em querer manter suas opiniões pessoais e acham que tem o direito de pensar diferente e sustentar suas ações com base em deduções, conclusões, hipóteses, possibilidades e presunções temos aqui uma notícia desanimadora: sua opinião não muda os fatos!

A realidade não é ancorada nos seus mecanismos de indução lógica que criam os gatilhos inferenciais por onde você considera mais viável traçar sua linha de raciocínio para chegar aos resultados que você considera acertados, dentro do seu padrão de lógica pessoal.

Não, a realidade não depende da minha opinião, nem da sua opinião, nem da opinião de ninguém, porque a realidade é baseada apenas em fatos concretos indiscutíveis e inegáveis.

A última e definitiva expressão da realidade é a mecânica quântica, já bem comentada fora dos meios acadêmicos, mas ainda um ramo científico meio confuso para quem não estuda muito as descobertas científicas.

No momento já sabemos que tudo é energia, até os átomos e o chamado “mundo material” são apenas condensações de energia expressas nessa dimensão mediante a frequência de vibração de onda energética que a programação do espectro eletromagnético permite para as manifestações energéticas desse espaço energético que costumamos chamar de “mundo material”, tudo conforme o projeto original.

A energia têm consciência… A essência da consciência é a manifestação energética. Já foi provado em laboratório que os átomos obedecem à nossa vontade e que somos capazes de mudar a vibração energética de um ambiente com a nossa própria intenção e desejo. A consciência superior controla as consciências inferiores.

A comunidade científica mundial foi obrigada a aceitar o lado místico e mágico real existente na relação que as emoções impõem sobre a manifestação energética e por isso eles vem adaptando pesquisas e tecnologias e reformulando todos os livros de química, física, biologia e matemática para se adaptar à nova realidade científica, pois atualmente a mecânica quântica não é mais uma “teoria” que sofre o preconceito dos maiores cientistas do mundo. Agora a mecânica quântica é uma LEI universal indiscutível que todos são obrigados a aceitar porque literalmente o universo é assim e funciona baseado nas leis da mecânica quântica, logo, nenhuma opinião pessoal tem validade diante da única verdade absoluta!

O que importa, dizem alguns estudiosos, não é entender como funcionam estes fenômenos místicos e mágicos, cujas explicações ainda parecem distantes do conhecimento humano, mas sim, aproveitar os seus efeitos comercialmente e industrialmente de forma prática aplicando-os na vida cotidiana da humanidade.

Jeová, o criador e sustentador das leis da mecânica quântica deu a capacidade individual de mudarmos nossa realidade baseado na fé e os cientistas foram obrigados a aceitar que isso é uma realidade calculável matematicamente em laboratório mediante milhares e milhares de experimentos realizados em vários institutos de renome ao redor do mundo!

Porém, a mecânica quântica vem descobrindo milhares de outros encaixes a serem decifrados, com cores, formatos e texturas bem diferentes, dando-nos uma única certeza: tudo o que achávamos que entendíamos sobre a realidade está para mudar!

O computador quântico é um excelente exemplo disso: resume-se em uma máquina que propositadamente “descarta” a física clássica tradicional como fonte primordial, para se valer dos misteriosos princípios da mecânica quântica. Ou seja, confia seus resultados à novas leis universais atestadas em laboratório, como por exemplo: o fato de uma informação ser transmitida de forma instantânea e sem percorrer o caminho intermediário (com transmissão e recepção imediata e automática da informação, sem ondas, fios ou ligações físicas de quaisquer espécies de um ponto A para um ponto B de qualquer parte do universo para qualquer outra parte do universo), também o fato de a energia trabalhar simultaneamente com informações diversas que parecem se encontrar (ou se encontram) em universos paralelos e também a bizarra capacidade de suas partículas elementares (compostas de elétrons, fótons, nêutrons, prótons, glúons, quarks, bósons, léptons, fermions, pósitrons, hádrons, antiquarks, bárions e mésons) encontrarem-se em mais de um lugar ao mesmo tempo, dentre tantos outros efeitos místicos mágicos reais e inegáveis.

Como consequência, criou-se um aparelho com capacidade de processamento de dados colossalmente maior. Enquanto um computador tradicional roda através de “bits” que são representados exclusivamente pelo número “1” ou pelo número “0”, o computador quântico aceita que um número possa ser “1” e “0” ao mesmo tempo. Este “bit quântico” mais elástico, foi denominado de “qubit”.

Qual a consequência prática disto?

Fazendo uma rápida dilação matemática, podemos dizer que os qubits quânticos funcionariam como coeficiente e o número tradicional de bits como expoente de um cálculo comparativo. Assim, um par de qubit (2) é a representação de 4 bits. Um trio de qubits equivalem a 2 elevado a terceira, ou seja, 8 bits. 4 qubits seria 2 elevado à quarta potência, ou seja, 16 bits e assim por diante. Neste crescimento exponencial, apenas 30 qubits equivaleriam a 2 elevado à trigésima potência, ou seja, 1.073.741.824 bits (mais de um bilhão de bits, ou ainda, 30 qubits equivalem a aproximadamente 128 Megabytes de dados). No resultado final do algoritmo de um programa rotineiro, cálculos que os computadores atuais levariam milhares de anos para concluir, seriam realizados em alguns poucos minutos por um computador quântico.

Mas não é só. Um computador quântico do tamanho de uma molécula (portanto invisível a olho nu) que consiga se utilizar de todos os prótons e nêutrons de que é composto, faria cálculos que somente poderiam ser realizados por um computador tradicional que tivesse o tamanho físico do universo conhecido!

Em outras palavras, esta nova tecnologia é capaz de executar cálculos através do uso de princípios quânticos como correlação de partículas, dualidade partícula-onda, não localidade, interferência, incerteza, superposição, entre diversas outras leis quânticas, realizando façanhas incríveis para os padrões atuais da tecnologia da informação mundial.

A Universidade Hebraica de Jerusalém e a Universidade de Tel-Aviv, ambas em Israel, estão mobilizando equipes de cientistas matemáticos para aprimorar e depurar a dinâmica dos algoritmos que serão usados nos softwares instalados nos computadores quânticos. Atualmente, o computador quântico já é uma realidade, mesmo que seu potencial ainda seja baixo e ainda dependa de partes de um computador tradicional para funcionar. Mas isso é questão de tempo. A D Wave, empresa Canadense com patrocínio da Nasa, Google, Inteligência Americana entre outros grupos não divulgados, tem desenvolvido o D-Wave Two, que promete para breve estar trabalhando com 512 qubits de informação.

Acredita-se que com esta nova ferramenta haverá avanços tão assombrosos em várias áreas do conhecimento, que a visão da humanidade sobre o cosmos mudará de forma revolucionária e irretratável. Estamos assim a poucos passos de mudar definitivamente o nosso modo de ver o mundo, a vida, o universo e, até mesmo o Criador e nossa consciência.

A realidade e a verdade já chegaram e tudo agora será baseado 100% na verdade. O império da mentira já caiu, conforme profetizado pelo profeta Daniel no capítulo 12, no versículo 4, escrito na cidade de Babilônia há 2.551 anos atrás, que diz: “E quanto a ti, ó Daniel, guarda em segredo as palavras e sela o livro até o tempo do fim. Muitos o percorrerão, e o verdadeiro conhecimento se tornará abundante.”

A pergunta que nos cabe fazer neste momento é: você está pronto para jogar no lixo sua visão pessoal de mundo em favor de aceitar a única verdade universal?

Você será capaz de abrir mão de todas as suas opiniões pessoais e absorver as leis imutáveis do universo para direcioná-las ao progresso real, dando um “salto quântico” na evolução coletiva, tanto sua quanto de todos ao seu redor?

Ou o seu ego pessoal continuará te cegando para a única verdade e prevalecendo no seu íntimo, levando-o a maiores equívocos no contraste da sua verdade pessoal em confronto com a única verdade absoluta?

 

(André Luís Neto da Silva Menezes, pseudônimo: Tiranossaurus Rex – publicitário, inventor, filósofo, músico, integrante da Royal Society Group, membro da Confederação Brasileira de Letras e Artes e vice-presidente da Associação Canedense de Imprensa – [email protected])