As mais belas praias do Araguaia em Goiás

Até meados do século passado esses rios atraíram gente de todo país

Postado por José Elias Fernandes em 17 de Junho de 2017 às 22h36
Atualizado em 17 de Junho de 2017 às 22h36

Embora figure apenas entre as médias cidades goianas, Aragarças desfruta de algumas características singulares. Por exemplo: suas praias, além do visual maravilhoso, contam com outra grande vantagem: não tem mosquito.

Mesmo localizadas quase todas dentro da cidade, próximas de todo conforto urbano, não contam com a terrível praga dos borrachudos, dos mosquitinhos póvoa nem das perigosas muriçocas. Além de insuportáveis, esses insetos transmitem hoje uma infinidade de doenças até letais, como dengue, zica, chicungunha, malária e tantas outras.

Aqui o pedestre conta com acesso fácil, direto das ruas para as areias, limpas e ardentemente claras, sem os riscos de se adentrar por matas ciliares nem trilhas perigosas. Reservam-se também amplos espaços para todo tipo de veículos, inclusive ônibus, em estacionamentos com segurança, bem como rampa náutica para embarcações de pequeno e médio porte. Situada no extremo Oeste, chamado de Mato Grosso Goiano, Aragarças margeia o Araguaia, bem na sua confluência com outro majestoso rio – o Garças.

Até meados do século passado esses rios atraíram gente de todo país pela abundância dos garimpos de diamante. Daí surgiram inúmeras povoações, como Araguaiana, Baliza, Torixoréu, tendo como principal referência Barra do Garças, que ao lado de Aragarças e de Pontal do Araguaia centralizam núcleo urbano de considerável relevância regional.

Em se falando de rio, logo se aguça a curiosidade pela pesca. Não se pode afirmar que tenha desaparecido de tudo, pois inúmeros pescadores a praticam intensamente de forma clandestina, com redes, tarrafas e outros equipamentos proibidos. O peixe rareou bastante, mas ainda existe com tal frequência que há quem o fisgue até nas praias. Com excelentes rodovias e confortáveis linhas de ônibus, bem como vôos diretos para Goiânia e Cuiabá, o turista conta com variedade de atividades náuticas, além de uma gama de atrações, que não se encontram reunidas em nenhum outro endereço em Goiás: cachoeiras com balneários de águas quentes e também frias, clubes com piscinas termais, quadras de esporte, redes de hotéis e restaurantes de primeira linha, bibliotecas, quatro estações de televisão com geração própria e oito emissoras de rádio, todas com rica programação local.

Vale ressaltar que Aragarças possui um dos maiores hospitais do interior goiano, com numerosa equipe de profissionais da melhor qualificação.

 

(José Elias Fernandes, jornalista, ex-deputado e atual prefeito de Aragarças. E-mail: [email protected])