Home / Polícia

POLÍCIA

Motorista é preso após matar vigilante atropelado na BR-020

O suspeito fugiu sem prestar socorro, indo para a residência de seus pais em um condomínio de luxo, onde deixou o carro avaliado em mais de R$ 150 mil

O motorista da Mercedes-Benz se recusou a fazer o teste do bafômetro O motorista da Mercedes-Benz se recusou a fazer o teste do bafômetro

O motorista de um veículo de luxo, suspeito de atropelar e matar um vigilante na GO-020 em Goiânia, afirmou à Polícia Civil (PCGO), que estava retornando de um pub para casa e que não havia consumido álcool no momento do acidente. Segundo a delegada, essa declaração foi feita por Antônio Scelzi Netto, de 25 anos, durante depoimento na Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito.

O acidente, ocorrido no domingo, resultou na morte do vigilante Clenilton Lemes Correia. De acordo com a Polícia Militar (PMGO), o suspeito fugiu sem prestar socorro, indo para a residência de seus pais em um condomínio de luxo, onde deixou o carro avaliado em mais de R$ 150 mil.

O suspeito foi encontrado no Jardim Guanabara. A PM relatou que ele se recusou a realizar o teste do bafômetro no momento da prisão. A PC informou que o motorista declarou não ter visto a motocicleta do vigilante.

O incidente ocorreu por volta das 5h. A PM suspeita que o vigilante foi arrastado por mais de 100 metros na rodovia enquanto se dirigia ao trabalho. O Corpo de Bombeiros (CBMGO) foi chamado, mas Clenilton não resistiu aos ferimentos e morreu no local.


		Motorista é preso após matar vigilante atropelado na BR-020
Clenilton Lemes Correia estava a caminho do trabalho quando foi atropelado. — Divulgação: PMGO

Na madrugada de domingo, dia 9, um vigilante de 38 anos morreu após um carro colidir na traseira de sua motocicleta na GO-020, conforme os militares. Segundo os policiais, Antônio Scelzi Netto, de 25 anos, dirigia um Mercedes-Benz C180 e deixou o local sem prestar socorro, sendo preso posteriormente no Jardim Guanabara, em Goiânia.

O acidente aconteceu por volta das 5h40 no Alphaville Flamboyant. Clenilton Lemes Correia estava indo ao trabalho quando foi atingido. A Polícia Técnica Científica informou que ele sofreu politrauma com múltiplas lesões contusas. A PM disse que a motocicleta foi arrastada por vários metros. A placa do carro se soltou e ficou no local, enquanto a placa da motocicleta permaneceu presa ao para-choque do carro.

Após o acidente, o suspeito foi para sua casa em um condomínio de luxo, deixou o veículo e se escondeu em um galpão. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro durante a abordagem e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Mais vídeos:

  • POLÍCIA

    Casal é preso suspeito de tráfico de drogas na BR-153

    O casal alegou que haviam buscado a droga em Uberlândia em Minas Gerais e iriam fazer a entrega em Hidrolândia

    Publicado quarta-feira, 17 de julho de 2024 - 10:07

    / Atualizado quarta-feira, 17 de julho de 2024

  • POLÍCIA

    Três presos suspeitos por estupro, cárcere privado e tortura em clínica clandestina

    Foram revelados diversos abusos sofridos na clínica. Entre os internos, havia um menor de idade que, segundo relatos, era a principal vítima de tortura

    Publicado terça-feira, 16 de julho de 2024 - 12:16

    / Atualizado terça-feira, 16 de julho de 2024

  • POLÍCIA

    Operação prende líder de organização criminosa responsável por roubo milionário

    homem é suspeito de chefiar um grupo responsável pelo roubo calculado em R$ 1 milhão em mercadorias de diversos estabelecimentos comerciais

    Publicado segunda-feira, 15 de julho de 2024 - 11:34

    / Atualizado segunda-feira, 15 de julho de 2024

Leia também:

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias