Aparecida de Goiânia

Gustavo inaugura galeria em homenagem aos ex-prefeitos de Aparecida

diario da manha

Reconhecer o trabalho, a dedicação e o legado de cada prefeito que governou Aparecida de Goiânia desde sua emancipação política. Esse é o objetivo da ‘Galeria dos Prefeitos’ inaugurada na tarde desta quarta-feira,20, no piso térreo do prédio da Cidade Administrativa pelo prefeito Gustavo Mendanha. A solenidade contou com a presença de ex-prefeitos, familiares de ex-prefeitos falecidos, vereadores e secretários da gestão municipal.

A ‘Galeria dos Prefeitos’ foi inaugurada dentro da agenda de comemorações dos 56 anos de emancipação política da cidade. A exposição conta com 17 retratos que representam os 12 prefeitos que ao longo desse período enfrentaram desafios para fazer de Aparecida a segunda maior cidade do Estado de Goiás e uma das maiores do Brasil.

“É um prazer inaugurar essa galeria, homenageando todos que ao longo de décadas contribuíram com o desenvolvimento de Aparecida. Conhecemos a história de nossa cidade e sabemos que nada foi fácil; os prefeitos enfrentaram muitas dificuldades, venceram obstáculos e cada um deixou seu legado. Esse espaço representa nosso reconhecimento a cada um dos ex-prefeitos de nossa cidade”, destacou Gustavo Mendanha durante a inauguração da galeria.

Freud de Melo foi prefeito de Aparecida entre 1977 e 1981 (Foto: Wigor Vieira)

Prefeito de Aparecida entre 1º de fevereiro de 1977 a 26 de dezembro de 1981, Freud de Melo participou da solenidade de inauguração da galeria e garantiu estar satisfeito com a homenagem. “Recebo essa homenagem como um ato histórico da minha vida junto ao município de Aparecida de Goiânia onde com muita honra fui um dos grandes baluartes. Estou para Aparecida assim como Pedro Ludovico, que construiu a belíssima capital, foi para Goiânia. A maior parte da minha vida foi dedicada ao povo e aos interesses de Aparecida de Goiânia”, enfatizou o decano após observar minuciosamente seu retrato exposto entre os homenageados.

Ex-prefeito por dois mandatos entre 1997 e 2004, Ademir Menezes destacou a satisfação por fazer parte da história da cidade e pelo fato de ter contribuído para o desenvolvimento local. “É um momento de muita alegria. A população de Aparecida me deu a oportunidade de estar no Paço Municipal como prefeito por oito anos. Isso não é para todo mundo; até porque a cada quatro anos o cidadão tem a oportunidade de mudar. Estou feliz e posso dizer que ao nosso tempo fizemos o que foi possível assim como cada prefeito escreveu sua história pelo desenvolvimento da cidade”, pontuou o ex-prefeito.

Com cerca de 600 mil habitantes Aparecida superou o rótulo de  ‘cidade dormitório’ e, agora, é uma das maiores do Brasil. O potencial industrial, universitário e a geração de empregos chamam a atenção de investidores e de quem procura oportunidade melhor na vida. Em 2018, por exemplo, a cidade foi a segunda que mais abriu novas vagas formais de trabalho no país, confirmando o desenvolvimento econômico e a independência política construída ao longo de décadas.

Figura marcante na recente história administrativa e política de Aparecida, o ex-prefeito Maguito Vilela (2009 – 2016) lembrou com orgulho do período em que governou a cidade. Maguito garantiu que recebeu a homenagem com muita alegria e sentimento de dever cumprido. “Estou extremamente honrado ao ver minha foto por duas vezes nesse painel. Foram oito anos de muita luta, determinação e coragem para enfrentarmos os desafios, mas graças a Deus conseguimos vencê-los e fazermos um trabalho a altura dessa majestosa cidade”, apontou.  

Os 17 retratos dos ex-prefeitos foram pintados pelo artista plástico Josimar Barbosa. Para eternizar cada um dos personagens ele utilizou a técnica de pintura com lápis, carvão e papel algodão. As pinturas medem 40 x 55 cm e ficará exposta no piso térreo do Paço Municipal gratuitamente. “É um marco para minha vida. É a primeira vez que tenho uma exposição em Aparecida; cidade que eu amo e sou bem acolhido”. Motivo de muita alegria poder retratas essas pessoas que foram importantes para a cidade, disse o artista plástico que trabalhou cerca de dois dias em cada uma das pinturas.

Na galeria, o público poderá conferir a representação artística dos 12 prefeitos que conduziram a cidade nestes 56 anos. Estarão eternizados nos desenhos os ex-prefeitos Licídio de Oliveira (gestão de fevereiro a novembro de 1964 e 1970-1973), José Bonifácio da Silva (1964-1966), Tanner de Melo (1966-1970), Elmar Arantes Cabral (1973-1977), Freud de Melo (1976-1981), José Fabiano da Silva (1981-1983).

Também estão eternizados na galeria Norberto José Teixeira (1983-1988 e 1993-1996), Sebastião Lemes Viana (1989-1992), Ademir de Oliveira Menezes (1997-2000 e 2001-2004), José Macedo de Araújo (2005-2008) e Luiz Alberto Maguito Vilela (2009-2012 e 2013-2016), além do atual prefeito, Gustavo Mendanha.

Comentários