Brasil

Funcionários dos Correios anunciam greve geral

Funcionários os Correios decretaram greve geral nos Correios. A decisão foi tomada em reuniões em todo o Brasil na noite da última terça-feira(10/9)

diario da manha
Foto: Reprodução

Funcionários dos Correios decretaram, na noite da última terça-feira (10/9), greve geral em todo o Brasil e sem data para terminar. Em assembleias realizadas nos estados do país, os trabalhadores dos Correios decidiram cruzar os braços por conta da redução dos salários e de benefícios e privatização da Estatal, que foi incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro. A paralisação também é contra a direção dos Correios, que decidiu não negociar acordo coletivo com a categoria.

Em nota em sua página na internet, a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios, Findect, informou que a decisão ” foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família”.

Ainda de acordo com a nota “A direção da ECT e o governo querem reduzir radicalmente salários e benefícios para diminuir custos e privatizar os Correios.

Entregar o setor postal a empresários loucos por lucro. Jogar no lixo o atendimento a todos os cidadãos, a segurança nacional envolvida nas operações, a integração nacional promovida pelos Correios! “

Além de Goiás, a greve ainda atinge 17 estados, entre eles, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Maranhão entre outros. Apesar da paralisação, a empresa informou que nenhuma unidade dos Correios em Goiás está fechada.

*Com informações do G1

Comentários