Brasil

Sara Winter tentou asilo político nos Estados Unidos e pedido foi negado

diario da manha

A blogueira apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Sara Winter, teve seu pedido de asilo politico na Embaixada dos Estados Unidos negado no início da semana passada. O advogado de Sara informou que fez a petição informal e que não poderia dar detalhes do encaminhamento do pedido. As informações são do Correio Braziliense.

Segundo o advogado Bertoni Barbosa de Oliveira, negativa teria sido embasada no cenário de pandemia do novo coronavírus. No dia 24 de maio, os EUA anunciaram a proibição da entrada de viajantes saindo do Brasil. A blogueira teria que ficar na embaixada sem se pronunciar, até poder ir ao país na América do Norte. “Ela teria que ficar na embaixada sem se pronunciar, porque tem algumas regras. Então, ela não poderia fazer o que faz hoje. Teria que ficar quietinha até a abertura, que ninguém sabe quando”, disse.

O pedido foi feito depois que o ministro Alexandre de Moraes pediu à Procuradoria Geral da República (PGR) investigação de Sara Winter por declarações nas quais ela o ameaça. No dia 27 de maio, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão contra aliados do presidente Bolsonaro no âmbito do inquérito que apura ataques e fake news contra ministros do STF.

A blogueira bolsonarista segue na mira da PF. No último dia 1 de junho, Sara Winter debochou da Polícia Federal e disse: “Me nego a ir nessa bosta”, se referindo a intimação para prestar depoimento.

Comentários