Brasil

Marido dirige até hospital com corpo em chamas, após mulher atear fogo em seu corpo

Em depoimento suspeita confessou o crime e alegou que foi uma forma de se defender após o companheiro a agredir na noite anterior, porém a versão não convence a polícia

diario da manha

Na última segunda-feira, 14, uma mulher, de 28 anos, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio qualificado, suspeita de colocar fogo no corpo do marido, de 37, em Tangará da Serra no Mato Grosso.

De acordo com as informações divulgadas, a suspeita foi encontrada próxima a unidade de saúde, onde o marido foi socorrido. O homem segue internado no Hospital em estado grave e teve 40% do corpo queimado.

A mulher foi presa pela Polícia Civil (PC), após a equipe policial ser chamada para atender a ocorrência de quem um homem deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com queimaduras pelo corpo.

De acordo com as informações divulgadas, a vítima teve queimaduras de 1º em 40% do corpo, e os policiais identificaram a autora do crime. A mulher foi encontrada próxima a unidade de saúde, e ao ser abordada, confessou o crime.

A mulher disse à polícia que colocou fogo no marido, pois, na noite anterior ele a agrediu, e durante a manhã de ontem, eles tiveram uma nova discussão. Segundo o relato da vítima, ele foi ao banheiro e a companheira esperou com uma bacia de álcool e fósforo, e no momento que ele saiu do cômodo, a mulher jogou álcool e ateou fogo em seu corpo.

O homem conta que mesmo com o corpo em chamas, ele saiu de casa, entrou no carro e dirigiu até a UPA, onde foi socorrido. O delegado Adil Pinheiro de Paula, afirmou que a suspeita confessou o crime, e que o fez para se defender do marido. No entanto, a versão apresentada não convenceu o responsável pela investigação, pois a mulher aguardou para atacar o marido.

*Com informações do G1

Lei atambém:

Comentários