Cidades

Homem é preso suspeito de matar mulher a pedradas, em Águas Lindas de Goiás

Suspeito matou a mulher por ela se negar a ter relações sexuais com ele.

diario da manha
Foto: Reprodução

Um homem foi preso na última quarta-feira (17/7) suspeito de matar uma mulher a pedradas no início da semana, após ela se negar a ter relações com ele, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal (DF).

De acordo com a Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) o suspeito foi identificado como Elizeu Neto Rodrigues Loiola, que foi preso pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Águas Lindas de Goiás.

Na última segunda-feira (15/7) o corpo de uma mulher identificada como Josélia Alves da Costa, foi encontrado jogado próximo a um loteamento, sem urbanização e com várias lesões na região da cabeça e o rosto completamente desfigurado, causadas por pedradas.

Após o corpo da vítima ser encontrado, a polícia deu início as investigações sobre o caso e conseguiu identificar o suspeito do crime. A PC afirmou que após efetuar a prisão de Elizeu ele confessou ser o autor do feminicídio.

Suspeito matou a vítima a pedradas após ela se negar a ter relações sexuais com ele

Em seu depoimento o suspeito afirmou que encontrou com Josélia em um bar da cidade e os dois comeram uma pizza e consumiram bebidas alcoólicas. Na sequência Elizeu disse que levou Josélia para um bar isolado no intuito de ter relações sexuais com a vítima, entretanto ela negou.


Com a negativa da mulher, Elizeu afirmou que ficou irritado e começou a bater nela, golpeando-a com pedras até a morte. O suspeito tirou a roupa da vítima e a deixou nua ás margens do lote e fugiu em seguida. Elizeu disse em depoimento que jogou as roupas da vítima em um córrego a caminho de sua residência.


Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO