Cidades

CUT faz ato em defesa da educação em Goiânia

A manifestação reuniu movimentos estudantis, apoiadores da CUT e professores da rede pública de ensino.

diario da manha
Foto: Cristóvão Matos

Na tarde desta terça-feira (13/8), a Central Única dos Trabalhadores de Goiás (CUT) realizou um ato em defesa da educação, na Praça Universitária, em Goiânia. A manifestação reuniu movimentos estudantis, apoiadores da CUT e professores da rede pública de ensino.

Napoleão da Costa, tesoureiro da CUT e organizador do evento junto com o Fórum Goiano das Entidades, diz que o ato é em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade e contra a reforma da previdência.

“A classe trabalhadora merece um ensino público de qualidade, pra se desenvolver intelectualmente, se qualificar profissionalmente e a escola pública é essencial para o crescimento econômico de toda sociedade. O caminho para o desenvolvimento público e social, passa pela educação, é preciso defender um direito fundamental” afirma Napoleão.

Ato em defesa justifica: “Um dos intuitos do ato é lutar contra o retrocesso”

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Goiás (UFG), também estava presente no ato e afirmam que um dos intuitos do ato é lutar contra o retrocesso que os projetos para educação do governo federal vão trazer, principalmente para as universidades públicas.

A coordenadora do DCE, Letícia Lemes, falou sobre o posicionamento dos estudantes em relação ao Programa Future-se do governo federal, que está nas pautas das manifestações em defesa da educação. “Nós, estudantes da universidade pública, temos um posicionamento contra o programa por ter sido um projeto que não foi dialogado com a comunidade acadêmica, um projeto apresentado pelo governo para resolver um problema que ele mesmo criou” ressalta a coordenadora.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO