Cidades

Motorista de aplicativo é preso suspeito de dopar e estuprar passageira em Goiânia

Vítima acordou com a casa toda trancada e pediu ajuda aos vizinhos, que chamaram a polícia.

diario da manha
Foto: Reprodução

Um motorista de aplicativo foi preso em flagrante na última quinta-feira (1/8) suspeito de dopar e abusar de uma passageira no setor Cidade Jardim, em Goiânia.

O Tenente-Coronel Cardoso do 7º Batalhão da Polícia Militar do Estado de Goiás (BPMGO) conversou por telefone com a reportagem do DM Online e deu mais detalhes sobre o caso.

“Na noite do dia 31 de julho duas moças foram para uma festa de confraternização, durante a madrugada um amigo delas pediu pelo seu celular um carro por aplicativo de transporte para as levar as duas para suas respectivas casas”, conta o militar.

De acordo com o Tenente-Coronel, o motorista do app deixou uma das meninas em sua residência e seguiu com a outra passageira. “A moça relatou após a amiga ser deixada em casa, o motorista seguiu por uma rota que ela não conhecia e deu algo para ela beber, momento que ela acredita ter sido dopada pelo condutor do veículo”, explica o Tenente.

Passageira foi dopada e estuprada pelo motorista de aplicativo

O comandante do batalhão afirmou que no percurso, a moça chegou a contar que via algumas coisas, mas que não estava consciente no momento devido a estar dopada. De acordo com o militar, a jovem alegou que acordou na tarde de ontem dentro de sua residência, com a casa completamente trancada e deu falta de um aparelho celular.

“Ela pediu ajuda aos vizinhos que chamaram a equipe policial, durante os levantamentos ela contou a versão dela e que o aparelho celular do modelo iPhone não estava com ela”, narra do comandante.

De acordo com o Tenente-Coronel, após ouvir a versão da vítima, a equipe policial começou as investigações para encontrar e prender o motorista de aplicativo. “No período da noite nós conseguimos localizar o suspeito dentro de sua residência e o celular da moça estava com ele, inclusive com ele tentando vender o aparelho para terceiro”, conta o militar.

Diante das denúncias e de estar em posse do aparelho da vítima, o suspeito que não teve a identidade revelada foi preso em flagrante por estupro e roubo. A equipe do 7ºBPM encaminhou o suspeito para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

O comandante afirmou que o rapaz após a prisão passou pela audiência custódia, mas o juiz manteve a detenção do suspeito. Conforme o Tenente-Coronel, o rapaz afirmou que teve relações com a passageira, mas que foi com o consentimento dela, pois os exame de corpo de delito comprovaram a conjunção carnal entre eles.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO