Cidades

Festa de aniversário acaba em morte de uma mulher e seu ex-marido no Distrito Federal

O crime teria acontecido após as vítimas chamarem a aniversariante de “vagabunda”, na região do Café Sem Troco, no Paranoá.

diario da manha
Foto: Reprodução/André Borges

Festa de aniversário acaba em morte de duas pessoas no Distrito Federal. Uma mulher, Roseli Sousa Santos, de 33 anos e seu ex-marido, Aneilton Vitorino da Silva, de 29 foram mortos no domingo (1/9), o crime teria acontecido após as vítimas chamarem a aniversariante de “vagabunda”, na região do Café Sem Troco, no Paranoá.

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), acreditam que o suspeito de ter cometido os assassinatos é o companheiro da aniversariante e dona da festa. O homem teria se irritado com a possível ofensa e iniciou a confusão. Logo após a briga iniciada, ele teria pegado uma faca e golpeou a primeira vítima, Roseli.

O ex-marido Aneilton, então saiu em defesa da mãe de seus filhos e em luta corporal com o suspeito, acabou levando 10 facadas. A PCDF ainda informou que companheiro da dona da casa teria utilizado tijolos para golpear a cabeça de Aneilton para matar a vítima.

Duas linhas de investigação para os assassinatos em festa de aniversário

A delegada responsável pelo caso, Jane Klébia, conta que uma outra linha de pensamento do assassinato na festa de aniversário também está sendo considerada pelos policiais. Esta outra seria de que Aneilton teria matado a ex-mulher Roseli e, em seguida, foi linchado até a morte.

A versão inicial afirmada pela delegada aproximadamente às 9:30h de domingo (1/9), era de feminicídio seguido de linchamento (possivelmente realizado por populares). Contudo, no início da tarde, uma reviravolta. Depois dos relatos conflitantes das testemunhas, surgiu a nova linha de investigação: duplo homicídio.

Os principais depoimentos que vão esclarecer o caso é do casal proprietário da residência onde ocorreu a festa, que até o momento, ainda não foram localizados pela polícia. O que se sabe das vítimas, é que Roseli e Aneilton foram casados por 10 anos, tiveram sete filhos e estavam separados há três meses. Há histórico de violência no relacionamento deles, mas Roseli não fez denúncias contra o ex-marido.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO