Cidades

Vazão do Rio Meia Ponte se estabiliza no nível crítico 3

No dia 12 deste mês o rio chegou no nível crítico 4, com uma vazão de 1.481 litros por segundo

diario da manha
Foto/Reprodução

Segundo dados da Sala de Situação da Saneago, a vazão do Rio Meia Ponte se estabilizou no nível crítico 3. Entre os dias 10 e 11 deste mês, o rio apresentou uma vazão de 1.762 litros por segundo (l/s) e no dia 12 de setembro o rio chegou no nível crítico 4, com uma vazão de 1.481 litros por segundo (l/s). Vale lembrar que para atingir o nível crítico 4 a vazão do rio fica menor do que 1.500 l/s.

Porém, dois dias após atingir o nível crítico 4, as medições apresentaram uma melhora, ficando acima de 2.000 litros por segundo (l/s). Para se ter um parâmetro, a média semanal, entre 14 e 20 de setembro, é de 2838 litros por segundo (l/s). Entretanto, apesar do aumento da escoação a situação é configurada como crítica.

Procurada, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) informou que essa melhora se deu devido a operação de orientação e fiscalização de capitação de água na bacia feita por técnicos do órgão em parceira com o Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

Ainda segundo a pasta, na última segunda-feira (16/9) foi descarregada uma segunda represa para auxiliar no reequilíbrio na vazão do Meia Ponte. A Semad afirmou também que mapeou 70 represas que terão prioridade na abertura da comportas para tentar evitar a necessidade de rodízio na Região Metropolitana de Goiânia.

Vazão do rio e o abastecimento

Segundo a Saneago uma série de medidas estão sendo adotadas para que não ocorra o desabastecimento das casas, como por exemplo, redução de perda de água na distribuição, perfuração de interligação de poços tubulares e profundos e a Campanha Educativa: Consumo Consciente Preserva o Meio Ambiente.

Além disto, de acordo com a empresa, está sendo feita uma captação de cerca de 1.100 litros por segundo do Rio Meia Ponte e para ajudar a abastecer Goiânia, a companhia retira água do Ribeirão João Leite. Já para abastecer Aparecida de Goiânia, a Saneago faz o recolhimento nos Ribeirões João Leite e e Lages.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO