Cidades

Após ser amarrada, avó tem netas sequestradas e abusadas

Uma hora e meia após serem levadas da residência, as crianças foram encontradas com hematomas e escoriações pelo corpo

diario da manha
Foto: Reprodução

Uma ação criminosa terminou com a avó de duas crianças amarrada, e as meninas sequestradas e abusadas pelos suspeitos na madrugada desta terça-feira (22/10) no setor Vila Verde, em Rio Verde.

As informações divulgadas pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) dão conta de que por volta das 3h30 de hoje, dois suspeitos invadiram a residência da família e fizeram a idosa que não teve o nome divulgado refém. Durante ação, os indivíduos amarraram a dona da casa e levaram duas crianças de 11 e 12 anos que são netas da idosa amarrada pelos rapazes.

Após ser resgatada a avó das crianças informou as equipes policiais que as meninas haviam sido levadas pelos meliantes. Os policiais intensificaram as buscas pela região para encontrar as meninas, e após uma hora e meia de buscas, as crianças foram encontradas com saúde.

Crianças foram encontradas uma hora e meia depois e denunciaram que foram abusadas

As duas vítimas apresentavam hematomas e escoriações pelo corpo. Para os policiais às crianças contaram que foram vítimas de violência sexual dos suspeitos. No local onde elas foram encontradas, foram apreendidos uma faca e um alicate para cortar trancas.

O caso foi levado ao plantonista responsável pela 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP). Entretanto, o mesmo já foi remetido a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Rio Verde (DEAM).

O DM Online entrou em contato com a equipe da DEAM, que confirmou o caso, e que as crianças foram submetidas ao exame de corpo de delito, para confirmar os abusos sexuais. As vítimas também vão ser ouvidas pela psicóloga da DEAM.

A DEAM afirmou que nesse momento não vai se pronunciar sobre o caso. Os autores do crime desta madrugada ainda não foram presos e, equipes da Polícia Militar e Polícia Civil do Estado de Goiás (PMGO e PCGO) buscam efetuar a prisão dos suspeitos.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO