Cidades

Fraude no Bolsa Família: Mais de 5.100 pessoas terão que devolver o dinheiro

Mais de 5.100 pessoas que receberam indevidamente recursos do Bolsa Família vão ter que devolver cerca de R$ 5,8 milhões aos cofres públicos, segundo informou o Ministério da Cidadania.

diario da manha
Foto: Reprodução

Mais de 5.100 pessoas que receberam indevidamente recursos do Bolsa Família vão ter que devolver cerca de R$ 5,8 milhões aos cofres públicos. De acordo com o Ministério da Cidadania, os suspeitos de fraudar o programa foram identificadas a partir de uma auditoria da CGU (Controladoria-Geral da União) e de um cruzamento de dados com o TCU (Tribunal de Contas da União).

Os ex-beneficiários são acusados de ter prestado informações falsas ao Cadastro Único para Programas Sociais ou por terem renda superior ao permitido para participar do programa.

O Bolsa Família é voltado para famílias extremamente pobres (renda per capita mensal de até R$ 89) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 89,01 e R$ 178).

Na última quarta-feira (9/10), cartas foram enviadas para as famílias identificadas na fraude, com uma Guia de Recolhimento da União, para pagamento. A defesa deve ser apresentada em até 30 dias . Caso não seja apresentada, terão o mesmo período para pagar a guia. O não pagamento implica a inclusão do nome em cadastros de devedores.

Atualmente, o Bolsa Família atende mais de 13,5 milhões de famílias com cerca de R$ 2,5 bilhões, por mês. Neste ano foram beneficiados com o 13º.

*Com informações do Metrópoles e G1

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO