Cidades

Motociclista é arremessado contra grade após colisão em Campinas

O jovem não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH), segundo a Delegacia de Crimes de Trânsito

diario da manha
Foto: Divulgação

O motociclista identificado como Guilherme Rodrigues Miranda, de 19 anos, foi arremessado contra uma grade de ferro após colidir com um táxi, no setor Campinas, em Goiânia. Após o acidente de trânsito, segundo a Delegacia de Crimes de Trânsito (Dict), foi constatado que o jovem, além de cometer uma grave imprudência, também não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A acidente aconteceu na rua Pouso Alto com a rua Mato Grosso do Sul, em um cruzamento, onde supostamente o motociclista pilotava em direção ao Centro e não respeitou a sinalização horizontal de parada obrigatória, avançando pela via e causando a batida. “A colisão ocorreu da porção frontal do veículo, com a lateral esquerda da motocicleta Yamaha Lander”, informa a DICT.

O outro veículo envolvido, um táxi, seguia normalmente pela via quando foi surpreendido pelo motociclista que conduzia a moto Yamaha Lander XTZ 250. O motorista do carro, Fernando Oliveira da Silva, trabalhava como taxista no momento do acidente. A via em que Fernando estava, a rua Pouso Alto, era a preferencial. O taxista ainda realizou o teste do bafômetro, que deu resultado negativo.

Com o impacto da colisão, o jovem foi arremessado contra uma grade de ferro e sofreu lesões corporais. O motociclista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) e encaminhado para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol), local onde se encontra hospitalizado.

Motociclista morreu em acidente há três dias

Acidentes de trânsito envolvendo motociclistas estão cada vez mais frequentes. Há três dias, na última quarta-feira (16/10), houve também um acidente entre moto e carro. O motociclista, de 32 anos, seguia no sentido Aeroporto-Viaduto da Anhanguera e colidiu com um carro de passeio, sendo arremessado na pista.

Logo após, um caminhão passou por cima do corpo do homem que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Nem o carro e nem o caminhão foram identificados. A Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito (IDCT) investiga o caso.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO