Cidades

Secretario da SSP garante intensificação do combate ao crime em Goiás

diario da manha

Ele lembrou que, em menos de 24 horas, a Polícia Militar conseguiu prender os responsáveis pela morte de um motorista de aplicativo, em Goiânia.

Em entrevista à Rádio Terra FM , o titular da SSP também falou das ações de fortalecimento do sistema penitenciário e defendeu maior rigidez na legislação penal para que criminosos sejam devidamente punidos

O secretário de Segurança Pública Rodney Miranda afirmou nesta terça-feira (15/10), em entrevista ao Jornal da Terra, da Rádio Terra FM, que as forças policiais goianas vão continuar combatendo a violência com o máximo de rigor. “Nossas tropas têm agido com muita eficiência. As respostas contra ao crime são cada vez mais rápidas e isso tem sido decisivo na queda constante dos indicadores criminais desde o início de 2019”, ressaltou. “A própria população já reconhece a eficiência do trabalho ágil das polícias de Goiás contra o crime”, comentou ao lembrar que, em menos de 24 horas, a Polícia Militar conseguiu prender os responsáveis pela morte de um motorista de aplicativo, em Goiânia.

Rodney Miranda também defendeu o endurecimento das leis para que o combate ao crime seja ainda mais eficiente. “Infelizmente, a legislação penal do Brasil ainda é permissiva. Nossa sociedade, de certo modo, acaba ficando descoberta neste sentido. As polícias têm feito sua parte, mas é necessário mais rigidez na punição de criminosos”, disse.

Sistema prisional
O secretário Rodney Miranda também falou das ações de fortalecimento no sistema prisional goiano. “Pegamos um estado quebrado, sem condições para contratar e fazer obras. Mesmo assim, por determinação do governador Ronaldo Caiado, não ficamos de braços cruzados e instituímos uma forte política de segurança técnica nos presídios e estamos tratando a questão das unidades prisionais com a mesma importância do policiamento nas ruas. Afinal, não há como reduzir a criminalidade sem que tenhamos um controle efetivo do sistema prisional”, explicou.

Entre as principais ações neste sentido, Rodney Miranda destacou a transferência de quase 200 presos de alta periculosidade para a Unidade Prisional Especial de Planaltina de Goiás, inaugurada recentemente pela atual gestão do Governo de Goiás em parceria com o Governo Federal. “É uma unidade de segurança máxima. Os detentos não contam com visita intima e o contato com os advogados é feito somente por meio do parlatório. Roupas e alimentação são oferecidas pelo próprio Estado. Ou seja, implantamos um sistema de segurança bastante técnico, mesmo diante do cenário precário deixado por gestões anteriores, com déficit de vagas e sem uma rotina de segurança eficiente. E podem ter certeza que vamos avançar ainda mais no controle efetivo dos presídios”, garantiu.

Rodney Miranda também lembrou da operação integrada realizada no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia na última semana, que resultou na apreensão de mais de 200 telefones celulares, além de carregadores, chips de telefonia móvel, armas brancas, um roteador de internet e drogas. “Foi a maior varredura da história. Não há registro de uma vistoria deste patamar feita nas últimas décadas naquele presídio. Antes, as ações eram superficiais e feitas apenas após rebeliões ou tentativas de motim”.

Ao comentar a não divulgação do número de mortes em confronto em 2019, o secretário explicou que entende a necessidade de uma comunicação transparente entre a administração pública e a sociedade, mas reiterou que determinações legais da própria SSP não devem ser desrespeitadas. Ele ressaltou que é preciso ter responsabilidade com a população e com os policiais que vão às ruas coibir os crimes. “Nossos policiais contam com total autonomia para trabalhar e o único limite é a lei. O grau de letalidade dos suspeitos que entram em confronto com a polícia é muito grande. Eles efetuam disparos com armas de alto poder de fogo, como fuzis e pistolas com kits rajada. É claro que não queremos o confronto, mas nossos policiais estão prontos para enfrentar qualquer situação”, assegurou. “Todas as informações exigidas pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) estão disponíveis no próprio site da SSP”, arrematou.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO