Cidades

Suspeitos de assassinar transexual em Goiânia foram identificados

A transexual foi encontrada nua, com marcas de esfaqueamento e agressão, no último domingo (6). Os nomes dos suspeitos não foram divulgados

diario da manha
Suspeitos de assassinato de transexual são identificados | Foto: Reprodução

De acordo com a Polícia Civil (PC), os suspeitos do assassinado da transexual Rony Golçalves, de 47 anos, foram identificados. A mulher transexual foi morta durante a madrugada do último domingo (6), na casa em que morava, no Jardim América, em Goiânia.

O delegado Rilmo Braga Cruz Junior, da Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), afirmou que ela foi morta esganada. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados para não interferir nos processos investigativos.

Também devido ao sigilo das investigações, as informações sobre como o crime foi realizado não foram informadas, mas o delegado contou que a motivação para o assassinato foi fútil. Ainda, de acordo com Rilmo, bebidas alcoólicas foram consumidas no local e que as provas mostram que houve briga durante o assassinato.

Rony foi encontrada nua e com sinais de esfaqueamento e agressão

Ontem (6), Rony Gonçalves foi encontrada morta com sinais de esfaqueamento, no setor Jardim América, em Goiânia. A transexual foi encontrada nua, coberta com um lençol e com várias marcas de agressão pelo corpo.

Os familiares informaram que ela estava em casa na noite anterior ao crime com um vizinho e um conhecido. Rony morava em um cômodo localizado no fundo da casa da mãe, lugar onde o crime foi cometido.

A família estranhou que ela estava demorando a acordar e não estava atendendo o celular e foi chamá-la. “Eles [Rony e dois amigos] estavam juntos e o nosso amigo foi embora e ficou essa pessoa que eu não conheço. Ninguém ouviu nada durante a noite”, disse uma amiga que não quis se identificar.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO