Cidades

Presos na Operação Máfia das Falências são soltos

O ministro Nefi Cordeiro, determinou a soltura do dono da construtora Borges Landeiro e de mais seis presos

diario da manha
Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (29/11), o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nefi Cordeiro, determinou a soltura do dono da construtora Borges Landeiro e de mais seis presos na Operação Máfia das Falências, realizada pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), no dia 21 de novembro.

A decisão foi tomada na quarta-feira (27/11). Os investigados deixaram a prisão na madrugada de hoje (30/11). O Grupo Borges Landeiro entrou em recuperação judicial em 2017, alegando dívidas na casa dos 250 milhões.

A Operação Máfia das Falências teve como objetivo desarticular uma suposta organização criminosa que lava dinheiro e comete fraudes a credores de empresas que passam por recuperações judiciais e falências.

Presos da Operação Máfia das Falências soltos pela Justiça

O habeas corpus de Dejair Borges, dono da construtora, havia sido negado pelo desembargador Nicomedes Domingos, da Primeira Vara Criminal de Goiás, porém, a defesa do réu recorreu ao STJ que aceitou o pedido e, com isso, a soltura foi estendida a todos os outros presos.

Além de Dejair, foram soltos, Elias Moraes Borges, administrador financeiro da empresa Borges Landeiro; Anderson Heck, chefe de contabilidade; Rodolfo Macedo Montenegro, advogado e chefe do departamento jurídico; Vicente Conte Neto, empresário sócio de várias empresas com envolvimento; Ricardo Mirando Bonifácio e Souza e Alex José Silva, advogados.

Com informações do O Popular

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO