Cidades

Covid-19: 76% dos internados em UTI estão com esquema vacinal em atraso ou não tomaram a vacina

Segundo o secretário de Saúde, a terceira dose é fundamental para manter a proteção

diario da manha
Foto: Arquivo Secom

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aparecida de Goiânia, das 21 pessoas internadas com Covid-19, em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs), 16 estavam com o esquema vacinal em atraso ou não eram vacinadas, o que representa 76% das internações.

Conforme a SMS, a população idosa permanece como maioria entre as internações em UTIs para tratamento do coronavírus.

“71% das internações em unidades intensivas no dia 25 era entre pessoas com mais de 60 anos. Característica que permanece desde o início da pandemia. Contudo, agora, a população tem uma arma poderosa contra o vírus: a vacinação. É muito importante que todos completem o esquema vacinal com a dose de reforço. A terceira dose é fundamental para manter a proteção”, afirma o secretário de Saúde, Alessandro Magalhães.

De acordo com o gestor, o levantamento realizado no dia 25 apontou que dos 15 idosos internados, 10 estavam com o cartão de vacina em atraso.

“Esse dado serve de alerta para a sociedade. 93% das pessoas com mais de 60 anos que precisaram de tratamento intensivo em Aparecida, na data analisada, poderiam estar completamente imunes e assim ter menos chances de internação, já que a maioria recebeu a segunda dose em abril do ano passado. Mas, apenas 20% tinha tomado as três doses. 7% tinha acabado de receber o reforço e, por conta do prazo, ainda não estava totalmente imune”, completou o secretário.

Foto: Arquivo Secom

Leia também:

Comentários