Ciência

Fenômeno de bioluminescência faz parecer que as constelações foram jogadas do espaço para o mar

diario da manha

Por que a água do mar brilha como luzes de neon quando uma onda rebenta na Califórnia? Um recente relatório do Discovery News forneceu uma resposta a esta pergunta.

luz1

De acordo com o biólogo marinho Jorge Ribas, a luminosidade é causada por uma maré maciça de algas vermelhas, de fitoplâncton bioluminescente, chamado Lingulodinium polyedrum. Os micro-organismos emitem luz em resposta ao stress, como quando uma onda se choca contra a costa, uma prancha de surf passa pelas ondas, ou o remo de um kayaker salpica a água.

Bioluminescência, ou seja, luz biológica, é uma característica de vários seres vivos, que, quando sujeitos a stress, brilham.

 

Esse fenômeno é observado com alguma regularidade, pelo menos desde 1901 ao longo das praias nos arredores de San Diego, na Califórnia.

Para os surfistas que não se importam de apanhar uma onda numa água cheia de papa de micro-organismos vermelhos, o oceano brilhante oferece a oportunidade de uma vida.

Este fenômeno não acontece apenas nas praias da Califórnia, já foi detetado também nas Ilhas Maldivas, onde foi registado pelo fotógrafo Will Ho. Várias espécies de fitoplâncton são conhecidas pela sua capacidade de brilhar, e as luzes podem ser vistas nos oceanos de todo o mundo, disse o biólogo marinho e especialista em bioluminescência Woodland Hastings, da Universidade de Harvard.

luz4

Brilha brilha  luz13

Os cientistas pensam que a bioluminescência também pode ser uma forma de defesa contra os predadores ou inimigos.

De acordo com uma outra ideia, chamada teoria “alarme anti-roubo”, o fitoplâncton brilhante pode usar a sua luz com a intenção de atrair a atenção de predadores secundários, que podem atacar qualquer criatura que o tenta atacar.

asshole

Para os curiosos que quiserem perceber melhor este fenômeno de algas e animais que brilham no mar podem ver este  vídeo de um evento TED.

 

 

 

 

 

 

luz3 

luz2 

luz11

luz1

 

luz5

Comentários

Mais de Ciência

11 de março de 2019 as 11:34

Caroços siameses

28 de fevereiro de 2019 as 11:54

Homo intergalacticus

20 de janeiro de 2019 as 22:09

Acompanhe o eclipse lunar, o último de 2019

4 de junho de 2018 as 18:09

Junho terá sete eventos astronômicos