Coronavírus

Goiás libera 4ª dose da vacina contra Covid para pessoas acima de 30 anos

A pasta informa que os municípios já têm doses para começar a aplicação. Em Goiás, 416.810 pessoas estão aptas a tomar a quarta dose

diario da manha
Foto: Reprodução/Unsplash

A Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO) liberou a quarta dose da vacina contra a Covid-19 para adultos de 30 a 39 anos. A segunda dose de reforço acontece em um momento no qual o país apresenta o menor média de casos em um mês.

A pasta informa que os municípios já têm doses para começar a aplicação. Em Goiás, 416.810 pessoas estão aptas a tomar a quarta dose.

“Informamos que os municípios já possuem doses para iniciar a vacinação deste público e está previsto distribuição de uma nova remessa de doses a partir do dia 26/07”, afirma.

Segundo a SES, até o momento Goiás aplicou 5.810.233 doses das vacinas contra a Covid-19. Enquanto que 5.217.284 pessoas foram vacinadas com as duas doses ou dose única, e 2.526.425 já receberam a dose de reforço. Já entre as crianças de 5 a 11 anos, 52,64% foram vacinadas.

Confira a nota da SES na íntegra.

“A Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) informa que, considerando o intervalo de quatro meses recomendado entre o primeiro reforço (3ª dose) e o segundo reforço (4ª dose) consta que 416.810 pessoas com 30 a 39 anos de idade estão elegíveis para tomar o segundo reforço em Goiás.

Informamos que os municípios já possuem doses para iniciar a vacinação deste público e está previsto distribuição de uma nova remessa de doses a partir do dia 26/07.

Esclarecemos, que conforme orientações técnicas a vacina a ser utilizada para a dose de reforço deverá ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Comirnaty/Pfizer) ou, na ausência desta, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca).

A SES informa que os municípios já estão aptos a iniciar a vacinação visto que, já tem aplicado a segunda dose de reforço para outras faixas etárias já elegíveis. Na oportunidade informamos que, será emitida a nota técnica aos munícipios após publicação da resolução da Comissão Intergestores Bipartite.”

Comentários