Cotidiano

Hugo 2 entra em operação no dia 22

Maior hospital do Centro-Oeste começa a funcionar para ofertar saúde de qualidade à população da Região Noroeste e Entorno de Goiânia

diario da manha

Da Redação

O governador Marconi Perillo (PSDB) inaugura no próximo dia 22 de abril, uma quarta-feira, o Hospital de Urgências da Região Noroeste, o Hugo 2, que entra em operação como o maior hospital do Centro-Oeste. A Organização Social (OS) responsável pela gestão do hospital já foi licitada e contratada e os profissionais que trabalharão na unidade já foram selecionados.

O Hugo 2 é um colosso na área da saúde pública. Sua estrutura de atendimento tem 3 mil funcionários, 21 centros cirúrgicos, 80 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) distribuídos em oito alas, 45 leitos para recuperação, 360 leitos de internação, duas emergências, laboratórios e unidade para atendimento a queimados, além da administração.

Seguindo as regras estabelecidas internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde, o Hugo 2 entrará em funcionamento, por etapas, de forma gradativa, até que todos as modalidades de atendimento estejam aptas a funcionar ao mesmo tempo. Trata-se de padrão de segurança, seguidos por todos os grandes hospitais do mundo.

Segundo o governador, a entrega do Hugo 2 “completa rede de hospitais” da administração estadual, oferecendo serviços de saúde de alta qualidade para a população da Grande Goiânia e de todas as partes do Estado”. “A OS já está contratada. Nós vamos ter aqui mais de 3 mil funcionários trabalhando”, lembra Marconi.

 

REDE

O Hugo 2 vai integrar a Rede Hugo, composta ainda pelo Hugo 1 e pelos demais hospitais de Urgência e Emergência do Estado já em funcionamento ou em construção. “Hugo 1, HDT, HGG, Materno, Crer, Huana, Huapa e toda a rede hospitalar do Estado funcionando com qualidade de primeiro mundo. Quando esse o Hugo 2 entrar em funcionamento, nós vamos completar esse atendimento e a população vai se sentir realmente respeitada pelo poder público”, afirmou o governador.

“Com essa obra em funcionamento, nós vamos ter muito mais condições de atender bem e cumprir o que estabelece a lei no atendimento à população que precisa de saúde de qualidade. O governo do Estado está fazendo benfeito a sua parte. O que a gente torce é para que os outros entes federados, principalmente as prefeituras, também façam a sua parte. Algumas fazem benfeito, outras nem tanto”, diz ainda o governador.

 

Novo hospital vai integrar a Rede Hugo, composta ainda pelo Hugo 1 e pelos demais hospitais de urgência e emergência do Estado

hugo8

 

hugo2

 

hugo5

 

hugo7

 

hugo4

 

hugo1

 

hugo3

Comentários

Mais de Cotidiano