Cotidiano

Por falta de equipamentos disponíveis para comercialização, Contran adia obrigatoriedade de uso do extintor ABC

A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira.

diario da manha

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) adiou a obrigatoriedade do uso do extintor veicular de incêndio. A medida foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (26).

De acordo com uma publicação do Ministerio das Cidades, o ministro Gilberto Kassab fez um pedido para que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) prorrogasse o prazo para adequações à exigência por mais três meses.

O Denatran atendeu ao pedido do ministro das Cidades e a obrigatoriedade do uso do extintor passou a ser válida a partir do dia 1º de julho deste ano.

Ainda de acordo com a publicação do Ministerio das Cidades, o ministro pediu a prorrogação do prazo devido à falta de extintores no mercado.

“O Ministro Kassab e o Denatran querem garantir que os motoristas não sejam prejudicados diante da dificuldade de adquirir o equipamento de segurança”, informa o Ministério das Cidades por meio de nota publicada em seu site.

Comentários

Mais de Cotidiano