Congresso aprova lei para rever acordo nuclear com Irã

Da France Presse

diario da manha

 

O Congresso americano adotou de forma definitiva, ontem, uma lei que impõe o direito de vista, por parte dos membros da Casa, no caso de um acordo nuclear final entre as grandes potências e o Irã.

Por 400 votos a 25, a Câmara de Representantes votou a favor do texto, que já havia sido adotado quase por unanimidade pelo Senado, em 7 de maio passado. O presidente Barack Obama se comprometeu a promulgar a lei.

“O Congresso estará em uma posição muito melhor para analisar qualquer acordo final e se assegurar de que o governo Obama não concluiu um acordo ruim”, comemorou o presidente da Comissão de Assuntos Exteriores da Câmara de Representantes, o republicano Ed Royce.

Essa lei cria um mecanismo para que, em caso de acordo definitivo entre Teerã e o grupo de países P5+1 (China, EUA, França, Grã-Bretanha, Rússia e Alemanha), o Congresso americano tenha tempo de bloquear sua aplicação, se os congressistas considerarem que se trata de um acordo ruim.

Comentários