Incêndio em fábrica de sapatos deixa 72 mortos nas Filipinas

diario da manha

 

Um incêndio iniciado na quarta (13) em uma fábrica de sapatos na região metropolitana de Manila, capital das Filipinas, deixou 72 mortos. Segundo parentes das vítimas, o estabelecimento explorava os trabalhadores e não contava com medidas de segurança para evitar tragédias deste tipo. Os bombeiros e a polícia retiraram dezenas de corpos do edifício de dois andares ontem após as chamas terem sido apagadas.

“Definitivamente, alguém será indiciado pelas mortes. Não importa se foi um acidente, pessoas morreram. Agora estamos investigando para determinar o que aconteceu. Com certeza alguém será indiciado”, disse o chefe da polícia nacional, Leonardo Espina.

O incêndio teria começado após as faíscas de um soldador utilizado em uma porta atingirem material inflamável armazenado no estabelecimento.

A fábrica, que ficava em um distrito industrial de Valenzuela, ao norte da capital filipina, produzia calçados para o mercado local.

Comentários