Cotidiano

Polícia Militar fecha fábrica de crack

Ação que teve auxílio de cachorro apreendeu materiais para produzir droga e dois quilos de cocaína

diario da manha

 

Tom Carlos

A Polícia Militar de Goiás (PM-GO) prendeu, ontem, à tarde, Diego Oliveira Dias, suspeito de produzir drogas em um laboratório localizado no Bairro Vitória. Após vários dias de vigilância da Central de Inteligência da Capital (CPC2), junto do Comando do Policiamento da Capital e Batalhão de Choque, a equipe conseguiu encontrar a fábrica de tóxicos. Ele foi levado para o 5º Distrito Policial.

A Polícia Militar encontrou na casa, além de droga, uma balança de precisão, arma de fogo, estufa e duas prensas para processo de fabricação.

Conforme a PM, Diego é considerado um médio traficante. Ele foi condenado anteriormente por portar arma de fogo.

Um dos instrumentos utilizados pela PM chegar ao criminoso foi o cão Fleck. Diante da comprovação de que se tratava de um laboratório de drogas, o canil da PM foi chamado para atuar no caso.

Fleck e seu faro de entorpecentes encontrou a droga em um carro (1,5 quilo de cocaína) e no saco de arroz ele indicou que existiam 300 gramas. Cerca de 30 cachorros no Batalhão de Choque são treinados para executar o serviço.

Comentários

Mais de Cotidiano