Cotidiano

Professores do estado podem entrar em greve amanhã

Presidente do Sintego vê grande possibilidade de greve dos professores estaduais.

diario da manha

“É muito difícil sair da assembleia de amanhã sem uma greve”, diz Bia de Lima, presidente do Sindicato dos trabalhadores em educação em Goiás (Sintego), após reunião com a secretária de Educação Raquel Teixeira e a secretária da Fazenda Ana Carla Abrão no final da tarde de hoje (08/01). Os professores do estado realizam assembleia geral, com indicativo de greve, amanhã às 9h em frente a Assembleia Legislativa. “Infelizmente os avanços que estamos tendo são nulos, no ponto de vista de concreto para levar para a categoria”, diz Bia.

A sindicalista defende o pagamento da data-base e a unificação dos servidores estaduais contra o parcelamento da folha de pagamento. De acordo com ela, a secretária Ana Carla Abrão apresentou planilhas e gráficos que demonstravam a necessidade do parcelamento, mas não foi convencida. “O Fundeb entra no dia dez, dia 20 e dia 30. Não tem motivo para parcelar salário do servidor da educação”, defende se referindo ao fundo de apoio ao magistério, criado pelo Governo Federal.

 

Comentários

Mais de Cotidiano