Cotidiano

Repórter fotográfico do DM ganha prêmio Detran

Além do troféu, fotógrafo Ruber Couto recebeu R$ 10 mil por sua colocação

diario da manha

Maria Teresa Dorneles

O fotojornalista Ruber de Azevedo Couto, de 35 anos, alcançou o primeiro lugar em fotojornalismo no 4º Prêmio Detran de Jornalismo.

Ele fez a imagem que ilustra a reportagem “Corredores da Morte”, redigida pelo repórter Marcelo Mendes. Os fotojornalistas Mantovani Fernandes, do jornal O Popular e Sebastião Nogueira, do Daqui, ficaram, respectivamente, em 3ª e 2ª lugar.

Segundo o jornalista, essa teria sido sua primeira foto que ele realmente fez exclusivamente tendo em vista o concurso. Com sua experiência como motociclista e com o tema “Um trânsito sem violência, responsabilidade de todos”, Ruber resolveu focar seu trabalho na fragilidade dessa categoria no trânsito. “O motociclista é aquele que fica mais exposto no trânsito. Uma vez me machuquei feio”, diz.

A foto mostra não só a fragilidade e a exposição dos motociclistas em meio a um corredor de carros, mas também demonstra a imprudência de certos motoristas ao tentar burlar as regras de trânsito. “A foto demorou uma tarde inteira para ser feita, mas já estava praticando há uma semana. Praticava enquanto andava nos carros da empresa junto aos motoristas”.

Ruber explica que também não foi fácil tirar a foto, já que teve que se apoiar nas costas do motociclista e tirar a foto enquanto a moto estava em movimento.

Dentre as categorias exibidas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Goiás (Detran-GO) estavam também o webjornalismo, jornalismo impresso, radiojornalismo e telejornalismo. Foram entregues para a comissão organizadora 75 trabalhos, maior número de inscrições desde a criação do prêmio em 2011.

Comentários

Mais de Cotidiano