Cotidiano

Servidores de Saúde acusam “calote” e preparam greve para próxima semana

diario da manha

O Sindsaúde e demais entidades que compõem o Fórum em Defesa dos Servidores e Serviços Públicos de Goiás promoveram ontem buzinaço pelas ruas de Goiânia. Na carreata, eles distribuiram jornais com notícias sobre a greve, panfletos e realizaram  protestos contra o parcelamento do salário e o que chamam de “calote” na data-base dos servidores estaduais.

O ato começou na Praça do Trabalhador e foi encerrado no Serra Dourada.“O nosso objetivo foi chamar atenção da população e das autoridades para o desrespeito que o governador impõe ao servidor, em especial, os da Saúde. Com a justificativa de cortar gastos, ele está sacrificando os trabalhadores e rasgando os direitos trabalhistas. Isso é inadmissível. Espera-se que um governador seja o primeiro a cumprir a lei e isso não está acontecendo em Goiás”, disse a presidente do Sindsaúde, Flaviana Alves.

A greve dos servidores pode ser anunciada ainda no final de semana.

Os servidores se irritaram com a informação de que o secretário Thiago Peixoto, da Segplan, não poderia atendê-los.

 

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser