Ameaça de bomba fecha igreja negra em Washington

Templo também é metodista episcopal africano, como local onde jovem matou nove em Charleston

WASHINGTON – Dois dias após o massacre que matou nove pessoas na igreja metodista episcopal africana Emanuel, em Charleston, uma ameaça de bomba fechou um templo semelhante em Washington. A polícia local disse estar investigando o incidente com sua unidade de terrorismo.

O local foi fechado no final da tarde, e testemunhas publicaram fotos do local cercado. Não se sabe se a ameaça seria falsa.

Comentários