Estado Islâmico divulga supostas execuções de espiões por afogamento e explosões

Grupo volta a chocar em imagens profissionais

diario da manha

RIO – Em outro episódio de publicações de terror, o Estado Islâmico divulgou imagens de execuções de 15 supostos espiões confessos nesta terça-feira. Nas imagens, supostamente feitas na iraquiana Mossul, o grupo separa em três etapas as mortes: com uma explosão em um carro, afogamento em uma jaula e uma outra explosão de homens ajoelhados.

Carro com cinco pessoas é incendiado com
Carro com cinco pessoas é incendiado com tiros de bazuca

Na primeira parte, cinco homens sentam em um carro que acaba atingido e destruído por um explosivo lançado por um soldado a metros do veículo. Na segunda, quatro homens são presos em uma jaula e afogados em uma piscina, agonizando por vários minutos até morrer — as imagens têm até o apoio de câmeras subaquáticas. No último cenário, sete homens são amarrados com uma corda com explosivos, que depois é acionada.

Execução com bomba no pescoço que são acionadas de uma só vez
Execução com bomba no pescoço que são acionadas de uma só vez

“Tudo o que vocês estão fazendo é inútil, e tudo o que vocês estão fazendo é ferir inocentes”, diz uma mensagem no vídeo, que cita os supostos espiões como membros da coalizão americana e árabe que luta contra o grupo.

Outras execuções chocantes divulgadas pelo grupo envolvem decapitações e até a morte do piloto jordaniano Muath al-Kasaesbeh, queimado vivo.

Também nesta terça-feira, o grupo divulgou a suposta execução de dois adolescentes que teriam quebrado o jejum obrigatório durante o mês sagrado do Ramadã.

Comentários