Estátua de Tim Maia é inaugurada na Tijuca

Filho do cantor participou do evento na Praça Afonso Pena

RIO – Nem mesmo a chuva espantou os fãs que participaram da inauguração da estátua do cantor Tim Maia, no fim da manhã desta sexta-feira, na Tijuca. O monumento, confeccionado em bronze, foi instalado na Praça Afonso Pena. O filho de Tim Maia, o ator Carmelo Maia, de 40 anos, contou que ficou muito emocionado com o presente, e que sugeriu o local por conta da relação do pai com o bairro.

– Sugeri a Praça Afonso Pena pois foi onde meu pai nasceu e foi criado. E pedi que ele estivesse abraçando o público – explica Carmelo sobre a pose da estátua, que convida o público ao abraço.

Segundo a autora da obra, Christina Motta, de 70 anos, que também esculpiu a estátua de Tom Jobim, o processo de criação foi divertido.

– Não conheci o Tim, então vi muitos vídeos dele para entender sua personalidade. Acabei escolhendo um momento do final da vida dele, quando só se apresentava de terno. Assim ele ficava mais elegante.

A irmã mais nova de Tim, Ana Maria Maia, 74 anos, veio de São Pedro da Aldeia para a inauguração.

– Éramos 19 irmãos, todos tijucanos da gema. A gente brincava muito nessa praça depois de entregar as marmitas que meu pai vendia – disse, emocionada ao ver a estátua: – São 17 anos sem o Tim e ainda choramos de saudade – completou.

A estátua foi doada ao Rio pela empresa de cosméticos Nivea, que promove um show gratuito no domingo, na Praia de Copacabana, em homenagem ao cantor.

Comentários