Cotidiano

Homem mata a ex e o irmão e se suicida no Dia dos Namorados

Polícia Civil investiga suspeita de crime passional. Ex-namorado não teria aceitado fim de relacionamento

diario da manha

Tom Carlos

A Polícia Civil de Goiás investiga as mortes da bancária Brenda Esteves, de 22 anos, e do seu irmão, Diego Esteves, de 19. Eles foram assassinados dentro de casa em Luziânia, na região metropolitana do Distrito Federal.

O principal suspeito do crime, ex-namorado de Brenda, foi encontrado morto logo após os assassinatos dos irmãos. As famílias das vítimas e do suspeito estão transtornadas com o episódio.

O duplo homicídio ocorreu na noite de sexta-feira, Dia dos Namorados. O motivo do assassinato, acredita a Polícia Civil, seria o rompimento protagonizado por Brenda. Após uma briga, ele teria atirado na bancária.

 

ROMPIMENTO

A jovem estava em casa, quando o ex-namorado chegou. Segundo a polícia, ela havia rompido com o suspeito há dois meses, mas ele queria reatar o relacionamento. Após uma discussão, o suspeito teria atirado contra ela. Diego, que era militar do Exército, chegou logo em seguida e também foi baleado pelo mesmo autor dos disparos contra a irmã.

Os dois morreram logo após o tiroteio. A jovem foi alvejada com dois tiros na cabeça e chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

A Polícia Civil quer saber agora como o suspeito morreu. No sábado, a polícia encontrou seu corpo. Ele sofreu um acidente próximo da BR-040 e seu carro foi encontrado capotado. O jovem estava no interior do veículo e a polícia acredita que o suspeito possa ter atirado contra si enquanto dirigia.

Comentários

Mais de Cotidiano