Juiz sentencia autor de ataque à Maratona de Boston à morte

Dzhokhar Tsarnaev pede perdão às vítimas

diario da manha

Dois anos depois do ataque à Maratona de Boston, o juiz sentenciou formalmente à morte Dzhokhar Tsarnaev, o jovem de 21 anos que, ao lado do irmão Tamerlan, detonou bombas na linha de chegada da Maratona de Boston, matando quatro pessoas, ferindo 264 e trazendo de volta para os Estados Unidos o medo de ataques terroristas em território nacional. A sentença veio ao final de uma audiência em que Dzhokhar rompeu o silêncio e pediu perdão às famílias das vítimas.

Na presença dos parentes dos mortos e de pessoas atingidas pela explosão ocorrida em 2013, ele levantou a mão e disse:

— Gostaria de começar em nome de Alá. Este é o mês sagrado do Ramadã, um mês durante o qual os corações mudam — declarou.

O atentando — realizado ao lado do irmão, Tamerlan — deixou 4 mortos e 264 feridos.

 

Comentários