Polícia investiga se corpo em telhado é de clandestino caído de avião

Autoridades acreditam dois homens tenham viajado no trem de pouso de avião por mais de 12 mil quilômetros, de Johannesburgo para Londres

LONDRES — O corpo de um suposto passageiro clandestino foi encontrado no telhado de um prédio de Londres na quinta-feira, enquanto outra pessoa suspeita foi achada inconsciente no aeroporto de Heathrow. As autoridades britânicas acreditam que os dois tenham viajado no trem de pouso de um avião da British Airways, em um voo de Johannesburgo para a capital inglesa.

“Neste momento, não há nenhuma evidência para vincular a morte à descoberta de um passageiro clandestino de um avião no aeroporto de Heathrow. No entanto esta é uma linha de investigação para identificar o morto e as circunstâncias de sua morte”, disse a polícia em um comunicado.

Se essa versão for confirmada, o homem teria subido em um Boeing 747 e viajado mais de 12 mil quilômetros da África do Sul para a Inglaterra antes de cair no topo do prédio londrino.

Um segundo homem, aparentemente de 24 anos, sobreviveu à viagem e permanece em condição crítica no hospital. Ele teria sido encontrado inconsciente no trem de pouso do avião no aeroporto de Heathrow, antes do corpo da outra vítima ser descoberto.

Um porta-voz da British Airways disse que a empresa está trabalhando com a polícia e as autoridades de Joanesburgo para apurar os fatos em torno do caso, considerado “muito raro”.

Para os fiéis da igreja que fica próxima ao prédio onde o corpo foi encontrado, esse é mais um drama da crise de refugiados em todo o mundo.

— É muito chocante quando algo assim acontece na sua porta. Junto com todos os migrantes vindo em alto mar a África para a Europa, esse é mais um exemplo de como as pessoas estão desesperadas para chegar aqui e encontrarem uma vida melhor para si — disse o reverendo Neil Summers.

Comentários