Suspeito de ataque a igreja nos EUA deve ir ao tribunal nesta sexta sob acusação de crime de ódio

Dylann Telhado, de 21 anos, foi detido pela polícia após receber informações de um motorista

CHARLESTON, Carolina do Sul — O jovem suspeito de matar a tiros nove pessoas em uma igreja afro-americana em Charleston, na Carolina do Sul, deve fazer a sua primeira aparição na corte nesta sexta-feira. Dylann Telhado, de 21 anos, foi detido pela polícia na Carolina do Norte após receber informações de um motorista. O caso está sendo tratado pelas autoridades como um crime de ódio.

Vigílias de oração foram realizadas em igrejas em Charleston e em todos os EUA para as seis mulheres e três homens assassinados na noite de quarta-feira. Entre os mortos estão o pastor da igreja e sua irmã.

Comentários