Cotidiano

Sinalização da primeira ciclofaixa permanente entre parques será inaugurada hoje

diario da manha

Depois de vários encontros entre ciclistas, engenheiros de trânsito e técnicos, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) promove o trabalho de sinalização da primeira ciclofaixa permanente da Capital, que será inaugurada hoje. O trajeto, que ligará os parques Areião e Vaca Brava, tem a extensão de 6,6 quilômetros e abrangerá os bairros Marista e Bueno. Evento contará com a presença do prefeito Paulo Garcia, que estará no local a partir das 8 horas. Ele irá acompanhado da primeira-dama Tereza Beiler e os dois farão o percurso de bicicleta. Ponto de encontro será em frente ao Restaurante Kabanas, no Setor Bueno.

As conversas que definiram o melhor trajeto para promover mais segurança aos ciclistas que irão compartilhar o espaço com os veículos tiveram início antes mesmo do lançamento das ciclofaixas de lazer nos parques. O percurso funcionará aos domingos, entre 7h e 16h. O secretário da SMT, Andrey Azeredo, informa que cicloativistas participaram ativamente da escolha do percurso. “Além de discutirmos o projeto em meu gabinete e de ouvir as reivindicações dos ciclistas, eles também acompanharam a equipe de engenharia in loco. O projeto foi bem pensado, principalmente no que se refere à segurança de ciclistas e pedestres, assim como no compartilhamento da rua com os motoristas.

A ciclofaixa integra projeto de mobilidade do município e ganhou reforço em sua implantação a partir de julho. “Assumi o compromisso com o prefeito Paulo Garcia de colocar em prática os projetos de implantação de ciclovias, que são de fundamental importância para melhor mobilidade na Capital, que hoje possui praticamente um carro para cada habitante”, enfatiza Andrey Azeredo.

O projeto da ciclofaixa de lazer, hoje em funcionamento aos domingos, prevê tratamento harmonioso entre ciclistas, pedestres e motoristas. “Acredito que a ciclofaixa de lazer desperta na família o interesse em pedalar e promove ainda o respeito entre ciclistas e demais condutores na via também para o uso diário do espaço”, conclui o secretário.

Nesta área da mobilidade urbana, o chefe do Executivo pretende ainda implementar 140 quilômetros de rotas cicláveis integradas na cidade até dezembro de 2016. “Se não privilegiarmos os modais coletivos e não agressivos ao meio ambiente como a bike, não conseguiremos proporcionar mais qualidade de vida às pessoas”, destaca o prefeito.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser