Cotidiano

"Levei mulher e filhos nos braços e vi que estavam mortos", disse pai de menino sírio

diario da manha

Aylan Kurdi, de 3 anos, chocou o mundo ao ser fotografado morto em uma praia do município costeiro turco de Bodrum. O garoto estava fugindo da cidade de Kobane, que a meses vem sendo dominada pelo Estado Islâmico (EI).

O pai de Aylan se chama Abdullah Kurdi e foi o único que sobreviveu ao acidente.

A família estava em uma embarcação que naufragou e matou 12 pessoas, entre elas Aylan, seu irmão de 5 anos, e sua mãe. Segundo o pai do menino, o barco estava superlotado e virou no mar rapidamente. O capitão entrou em pânico, pulou no mar e fugiu, deixando Abdullah no controle da embarcação.

A foto de Aylan morto sendo carregado por um militar na praia, foi publicada milhares de vezes e compartilhada nas redes sociais, onde os internautas se diziam indignados com a crise migratória que estava ocorrendo.

 

 

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser