Cotidiano

Operação do Exército egípcio mata 29 jihadistas do Estado Islâmico

Da Agência Lusa

O Exército egípcio anunciou hoje (8) a morte de 29 membros do grupo extremista Estado Islâmico, no âmbito de uma operação militar no Sinai, reduto jihadista, durante a qual morreram também dois soldados egípcios.

Numa mensagem transmitida nas redes sociais e veiculada pela televisão pública egípcia, uma fonte militar indicou que a operação visa a eliminar os terroristas em Rafa e resultou também na destruição de veículos do Estado Islâmico.

Durante a operação, “29 terroristas foram mortos e um número de veículos e equipamentos, destruídos, enquanto um oficial e um soldado foram mortos e quatro soldados foram feridos quando o seu veículo foi atingido por uma bomba”, informa um comunicado do Exército.

Centenas de militares e policiais foram mortos em ataques no Egito desde julho de 2013, segundo o governo egípcio.

Esses ataques foram reivindicados por grupos jihadistas em represália pela repressão contra os apoiadores do ex-presidente egípcio Mohamed Morsi, destituído e detido no dia 3 de julho de 2013.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser