Cotidiano

Padre é afastado por afirmar que entende pedofilia, mas não os gays

Segundo o Italianoi, as crianças são responsáveis pelo comportamento pedófilo

diario da manha
(Foto/Reprodução)

Um padre Italiano, Gino Flaim, católico, afirmou que pode entender a pedofilia, mas a homosexualidade não. O sacerdote é colaborador da igreja San Pio X, em Trento.

Em uma entrevista à emissora La7 TV, o padre disse que conhece as crianças, e que infelizmente algumas delas precisam de atenção, “se encontram um padre e ele cede… Isso eu entendo”, completou.

Ao ser indagado sobre o assunto, Gino afirmou que, em grande parte, as crianças são sim responsáveis pelo comportamento pedófilo. Já a respeito da homosexualidade o padre disse ser apenas uma doença.

A igreja de Trento, em comunicado, informou que o pensamento do padre Gino não representa o templo.

“Ele expressou opiniões que não representam de forma alguma a Arquidiocese de Trento ou a comunidade eclesial como um todo”, encerrou em nota.

Comentários

Mais de Cotidiano