Cotidiano

Gêmeas siamesas continuam em estado grave e permanecem internadas no HMI

diario da manha

As gêmeas siamesas que nasceram ontem, segunda-feira, 2, no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia, permanecem em estado de saúde grave e respiram com ajuda de aparelhos. A informação foi divulgada pelo hospital por meio de uma nota na manhã desta terça-feira, 3.

As meninas nasceram com 34 semanas de gestação, pesando 3.300 quilogramas e são unidas pelo tórax e abdômen, além de compartilhar o fígado e uma membrana do coração. As gêmeas estão internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do HMI.

A mãe goiana, Jessyca Calado Guedes de 24 anos, permanece internada em uma enfermaria da maternidade da unidade. O estado de saúde é bom, porém, não há previsão de alta.

Comentários

Mais de Cotidiano