Cotidiano

500 operários fazem reparos e limpeza na Vila dos Atletas no Rio de Janeiro

diario da manha

Cerca de 500 pessoas, entre operários e faxineiros foram enviados nesta segunda-feira (25/7), para concluir reparos e limpeza nos apartamentos da Vila Olímpica, na zona oeste do Rio de Janeiro. A organização da Rio 2016 divulgou que a perspectiva é que até quinta-feira (28/7) todos os problemas estejam solucionados.

Os reparos foram solicitados após algumas delegações que chegaram ao local no domingo( 24/7), encontrarem vazamentos, goteiras, fios soltos e entupimentos nos apartamentos onde foram abrigados seus atletas. Os problemas fizeram com que a delegação australiana fosse se hospedar em hotéis da zona oeste da cidade. Em comunicado, o Comitê Olímpico da Austrália chegou a alegar que nos prédios havia cheiro de gás, vazamento de água e defeitos na rede elétrica.

A medalhista olímpica Janeth Arcain, ex-jogadora de basquete, eleita como prefeita da Vila dos Atletas, informou que a situação deve ser solucionada em até 48 horas.

A ação de reparos conta com cinquenta bombeiros hidráulicos e eletricistas, que chegaram ao local ainda nesta manhã, para realizar os consertos. A equipe de limpeza foi realocada do Maracanã e seis técnicos da CEG foram enviados para vistoriar as instalações de gás.

Até o momento, 900 pessoas de várias delegações ocupam os prédios. Além dos problemas nos apartamentos, a maioria das lojas do Parque Olímpico ainda não abriu.

Os ocupantes da Vila afirmam que em vários momentos faltou energia e o sinal de internet não funciona. E mesmo com credencial, muitos voluntários tiveram de esperar por horas na fila para poder entrar no local olímpico.

Além do Comitê australiano, as delegações dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha divulgaram notas informando encontrar problemas, mas que acreditam que a organização vai dar conta de tudo até o início dos Jogos Olímpicos.

Comentários

Mais de Cotidiano