Cotidiano

Homem morre com suspeita de H1N1 em Luziânia

diario da manha

A Secretaria Municipal de Saúde de Luziânia informou que um homem de 54 anos morreu com suspeita de H1N1 no sábado, 9. De acordo com o órgão, a vítima havia sido internada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e chegou a ser transferida para Goiânia durante o tratamento. Familiares informaram que o homem teve dengue por suas vezes e pegou uma gripe muito forte, o que provocou problemas pulmonares.

Ainda de acordo com a família da vítima, o homem sofria problemas no fígado e os médicos disseram que suspeitavam sobre a infecção por H1N1, o que pode ter agravado o estado de saúde do paciente, provocando o óbito.

A secretária ainda não confirmou se o homem estava realmente infectado pela doença, mas caso seja confirmada, o número de mortes provocadas pelo vírus sobe para dois na cidade e 62 em todo o estado.

O último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, que analisou os casos de óbitos e infecção pela doença até o último dia 28, apontou que o número de casos confirmados de H1N1 somente neste ano, subiu para 313 em Goiás. Em Goiânia foram registrados mais casos de mortes, onde 87 pessoas foram infectadas e 14 delas foram a óbito.

Em segundo lugar, Rio Verde e Uruaçu aparecem com sete mortes, cada uma, provocadas pela doença e em seguida Aparecida de Goiânia, Jataí e Anápolis, cada uma com cinco registros.

Comentários

Mais de Cotidiano