Cotidiano

Idosa de 66 anos recebe coração de técnico alemão morto em acidente no Rio

diario da manha

Dia de alegria para uma idosa de 66 anos, cuja identidade não foi divulgada, que recebeu o coração do técnico alemão Stefan Henze, que morreu após um acidente de carro no Rio de Janeiro, na última segunda-feira, 15. O procedimento cirúrgico ocorreu ontem, terça-feira, 16, no Instituto Nacional de Cardiologia (INC), na zona sul da cidade carioca.

Segundo informações da unidade de saúde, a receptora do órgão transplantado tem um quadro de saúde estável e a cirurgia foi um sucesso. De acordo com o Programa Estadual de Transplantes, após a morte encefálica do alemão, a família autorizou a doação de seus órgãos.

Além do coração, foram captados os rins e o fígado de Henze, mas os destinos de ambos os órgãos não foram divulgados.

Stefan Henze, medalhista de prata em Atenas nas Olimpíadas de 2004, veio ao Brasil para participar da Rio 2016 como técnico da equipe de canoagem Slalom, porém, infelizmente na semana passada, o táxi em que ele estava junto a outro membro da comissão técnica alemã, Christian Käding, sofreu um acidente na Barra da Tijuca, deixando os dois feridos.

Na ocasião, Käding sofreu apenas ferimentos leves e recebeu alta médica no mesmo dia. Já Henze, ficou internado três dias no Hospital Miguel Couto e teve morte cerebral.

Comentários

Mais de Cotidiano