Cotidiano

Homem se revolta ao ser barrado em porta giratória de banco e tira roupa em Goiânia

Na manhã de quinta-feira, 1º, foram gravadas cenas de revolta em uma agência do Banco do Brasil, da Avenida Anhanguera, em Goiânia. O vídeo foi gravado por um cliente que também estava no local e registrou o momento em que um homem tirou as roupas após ter sido barrado por várias vezes pela porta giratória. O homem estava revoltado e ficou apenas de cueca no local.

As imagens mostram o homem revoltado com a situação e argumentando com a segurança e funcionários do banco. Apesar do alvoroço, após o ataque de nervos, ele se vestiu e foi embora sem conseguir entrar na agência.

O cinegrafista amador informou que já tinha um bom tempo que o homem que tirou as roupas estava tentando entrar na agência. Ele defende que em casos assim, deveria vir alguém de dentro da agência para liberar a entrada de um cidadão que realmente não tinha mais nada, uma vez que ele ficou apenas de cueca.

O Banco do Brasil através de nota, informou que as agências têm portas giratórias com detectores de metais e que esse sistema trava automaticamente quando é constatado um volume de metal superior ao mínimo permitido, não devendo ter nenhuma ação por parte dos vigilantes. Além disso, ressalta que o equipamento é uma exigência da Polícia Federal visando a segurança dos clientes, funcionários e do público em geral.

A instituição financeira ainda acrescenta que ao lado das portas giratórias há um comunicado que informa que os vigilantes não são autorizados a revisar bolsas e cliente, bem como prestar informações. Além disso, há um compartimento para que objetos de metais, como cintos, celulares, entre outros, sejam deixados antes do acesso ao interior das agências.

homem de cueca no banco
Homem foi barrado várias vezes na porta giratória de uma agência do Banco do Brasil, se revoltou e tirou as roupas ficando apenas de cueca no local

Comentários

Mais de Cotidiano