Cotidiano

Artista plástico morre ao tentar fazer selfie em penhasco

diario da manha
Foto: Divulgação/Facebook

Neste domingo (15/1), o artista Pierre de Freitas morreu ao tentar tirar uma selfie na beira de um penhasco na Serra do Campo, zona rural de Palmas, Tocantins. Pierre era natural de Brasília, Distrito Federal, além de artista plástico, era também professor e tatuador e deixa esposa, a médica Thessa Freitas, e três filhos.

No momento, Pierre estava acompanhado por uma turista canadense e o acidente aconteceu em uma trilha de difícil acesso. Devido a isso, o Corpo de Bombeiros realizou o resgate com helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) em operação que durou cinco horas. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Palmas e o velório será realizado no Sindicato dos Médicos na capital tocantinense.

Pierre foi um dos principais artistas plásticos do estado de Tocantins, chegando a receber o título de cidadão Palmense em 2010 pelo trabalho artístico. Ele foi presidente da Fundação Cultural de Palmas entre 2008 e 2010 e atuou também como professor voluntário na Legião Estrangeira, atuando na França, na África Oriental e no Golfo Pérsico.

Comentários

Mais de Cotidiano