Cotidiano

Incêndio na Chapada dos Veadeiros já é considerado o maior da história, diz ICMB

diario da manha

Foto:Reprodução

O incêndio que atinge o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás, há mais de 10 dias já é considerado o maior da história da reserva ambiental, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Segundo o coordenador de prevenção e combate a incêndio da entidade, Christian Belinck esta é a maior queimada já registrada no parque, com a maior força de combate da história e que “nunca se usou tamanha estrutura, com tantas aeronaves, em um combate a incêndio no país”, afirmou em entrevista ao G1.

Foto:Reprodução

Força-tarefa

Os trabalhos para controlar as chamas estão sendo realizados por mais de 200 brigadistas e bombeiros de Goiás e do Distrito Federal. Além do clima seco, das altas temperaturas e o vento forte no parque, as equipes também enfrentam a dificuldade em encontrar água na reserva para recarregar os reservatórios. A baixa umidade do ar também tem contribuído para a propagação das chamas.

Por causa do problema, a Força Aérea Brasileira cedeu aviões Hércules para ajudar no trabalho, despejando água sobre os focos de incêndio. Além disso, outros aviões também são usados diariamente e até agora, mais de 1 milhão de litros de água foram usados no combate ao fogo.

A força-tarefa também une esforços das prefeituras de Alto Paraíso e Cavalcante, que decretaram na última segunda-feira, 23, situação de emergência em decorrência do agravamento do incêndio no local.

Incêndio

O primeiro foco de incêndio no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi registrado no dia 10 de outubro e foi controlado somente seis dias depois. Apesar disso, no dia seguinte, novos focos surgiram e, há mais de 10 dias brigadistas, bombeiros e voluntários tentam controlar o fogo que já consumiu mais de 64 mil hectares da reserva.

De acordo com a Polícia Civil, ao que tudo indica o incêndio é resultado de uma ação criminosa e que já houve a instauração do respectivo procedimento investigatório.

Nesta sexta-feira, 27, o ICMBio informou que as chamas já estão sob controle na maior parte do parque, mas ainda há uma linha de fogo que segue descontrolada em uma área de difícil acesso.

Foto:Reprodução

Comentários

Mais de Cotidiano